quinta-feira, 6 de agosto de 2009

MAIS SEXO: O BEIJO – REFUTAÇÃO A ESSE ARTIGO –

Li um artigo com o seguinte nome: Mais sexo: o beijo (http://www.geracaobenjamim.com/modules/smartsection/item.php?itemid=38). Para entendermos melhor o que o autor quis ensinar, podemos sistematizar em uma seqüência de lógica que seria assim:



O beijo é um ato sexual.
O ato sexual só deve ser feito no casamento.
Logo, o beijo é pecado.


Haja vista que eu montei essa seqüência de lógica segundo as respostas das perguntas que o próprio autor elaborou.


Em olhar para essa seqüência de lógica vemos que ela é “bem elaborada”, todavia, se rompermos a sua premissa A o restante da lógica se torna uma falácia, ou seja, se mostrarmos que o beijo não é um ato sexual o restante do argumento cai por terra.


A articulação do autor em seu artigo para relatar que o beijo é ato sexual é argumentar que foi através do beijo que o sexo é consumado e uma vez que o sexo é consumado aparece a gravidez na adolescência, as doenças venéreas e estupro no namoro. Porque o beijo acende o fogo e leva a sensualidade.


Contudo, eu leio isso e fico meditando. Se o beijo é um ato sexual porque ele “pode” me levar ao sexo, eu devo também considerar que um abraço com a namorada é um ato sexual porque ele também ativa os nossos hormônios (especialmente os homens), que nos leva ao beijo que nos “levaria” ao sexo. Ou então eu devo considerar que se eu ficar conversando com a minha namorada é um ato sexual, pois no momento em que eu converso como ser - humano (e homem) com a minha bela namorada eu tenho vontade de beijá-la que depois me “levará “ para o sexo.


Outra coisa que podemos imaginar é um seguinte. Se a menina ficou grávida na adolescência, ou estuprada pelo namorado, ou houve doenças venéreas foi simplesmente pelo ato sexual genital que eles cometeram, e isso sim é conseqüência da falta do domínio próprio que eles tiveram. Com isso não podemos fazer uma comparação de causa e efeito com o beijo e essas conseqüências que foram feita pelo sexo genital. Mas como eles começaram o sexo genital? Não foi pelo beijo? Claro que sim! Mas como eles começaram o beijo? Por qualquer motivo que eles começaram nós devemos que “culpar” esse motivo pelas doenças venéreas, pela gravidez e pelo estupro no namoro, seja pelo abraço, ou pela conversa ou pelas trocas de olhares. Repito, todas essas conseqüências foram trazidas pela falta de domínio próprio. Por exemplo, Davi teve um ato sexual com Bete-Seba, pois ele deitou com ela e não porque olhou (apesar de ter pecado também, pois olhou premeditando no ato).


Podemos deixar notório também que o beijo não pode ser considerado ato sexual do ponto vista bíblico, pois em nenhuma parte da bíblia isso é exposto ou ensinado, são somente opiniões humanas. Tenta me mostrar na bíblia tal doutrina, mas, por favor, não force o texto e tenha princípios interpretativos.


Salienta-se também que do ponto de vista científico o beijo não é um ato sexual. Não me venha com o argumento em que a ciências também não aprova a criação, mas, sim, a evolução, pois esse argumento não cola. Porque quando a ciência diz isso ela vai contra a bíblia, mas em relação ao beijo ela não vai contra a nada.


Pense nisso: se o beijo é um ato sexual porque leva ao sexo, então ele deixa de ser ato sexual...


Com vimos as afirmações feitas pelo autor, em declarar que o beijo é um ato sexual são falaciosas, tornando o resto da sua linha de pensamento falacioso. Mas é bom notar também que os textos bíblicos que ele usou não têm nada haver com a questão do beijo.


Concluindo, eu relato que seria mais inteligente e correto fazer a colocação que deve se evitar o beijo como uma atitude prudente, para não cair no pecado. Mas simplesmente como uma atitude prudente, e não condená-lo como pecado e muito menos como ato sexual, pois isso deixa de ser uma exigência de vida em santidade e se torna um radicalismo segundo pensamentos de homens (Mt 23.4).

Maurício Montagnero.

8 comentários:

lucas disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
lucas disse...

Sua refutação ficou pronta, encontra no mesmo site em que retirou a Epistolá "Mais sexo: O Beijo

http://www.geracaobenjamim.com/modules/smartsection/item.php?itemid=96

WEVERTON EDUCA disse...

Eu acho muito estranho falar que o beijo fora do casamento não e pecado,ainda mais da forma em que se encontra nossa sociedade,gravides infantil,sexo fora do casorio,um monte de outras coisas que começaram com um simples beijinho,namoro essas coisas,a igreja precisa se santificar,ou onde vamos parar,beijinho,cigarrinho,sexinho,mãozinha,musiquinha mundaninha,olharzinho,adulteriozinho,roubinho,gravideizinha,tudo no diminutivo em se tratando de pecadinho,me poupe,vamos orar mais e buscar de Deus se vale beijar,duvido que Deus vai dizer sim,nossa carne ira dizer sim,e por favor cuidado com as influencias,pq na minha igreja tem um casal que o rapaz queria viver em santidade com relação ao beijo,mais um pastor disse qque não era pecado,ele beijooooooooooooou tanto que engravidou a moça e agora vivem felizes para sempre,como se futuramente não tera um conseguencia,beijo é e sempre sera pecado,me mostra na biblia Isac beijando a Rebeca, e não me venha com a tal da desculpa esfarrapada de cultura...vamos nos purificar

ministeriodesesperados disse...

Velho sinto muito mas vc esta completamente errado com sua opinião!!!! Não concordo em nada com o que você diz e... Pelo jeito você nunca beijou alguém na boca né?? Porque o mundo todo sabe que quando ta rolando aqule beijo, a madeira mole endurece e os campos secos começam a ficar molhadinhos..amigo ta na hora de sermos cristãos separados e não cristãos retardados....



"Foge também das paixões da mocidade; e segue a justiça, a fé, o amor, e a paz com os que, com um coração puro, invocam o Senhor" 2 Timoteo 2:22

Maurício Montagnero. disse...

Vamos conversar sobre cada comentário por vez:

Weverton Educa: Primeiro, vc concordou comigo que várias coisas ocorreram por um simples beijo, e isso concordo, no entanto, isso não válida o beijo como pecado, mas, sim, o ato sexual que eles comenteram.

Segundo, vc pediu para de mostrar Rebeca e Isaque se beijando na bíblia, e pediu para que não viesse com o lance de cultura... Bem, eu tento seguir uma análise exegética de interpretação, sendo assim não posso atender seu pedido, pois se eu atender o mesmo, corro risco em cair em heresia, como muitos tem caido, pois anulam o contexto da bíblia. Continuando, eu informo ao irmão que em cima de textos históricos não se elabora doutrina, logo não tente elaborar doutrinar sobre um fato histórico, como quer fazer...

Ministerio deseperados: Primeiro, eu não estou errado "em minha opinião", aliás não é minha opinião, mas é uma refutação absoluta a sistematização doutrinária que tentam realizar fora da bíblia. Tente me mostrar biblicamente que beijo é pecado...

Segundo, já beijei na boca sim. Já fiz coisa errada com meninas que fiquei, quando estava distante de Deus. Mas, quando me firmei na presença de Deus não fiz mais, e não precisei para de beijar... Assim sendo, posso provar empiricamente que me levar pecar não é o beijo, mas a falta de busca a Deus...

Terceiro, acredito q o irmão não entende o que é ser cristão separado, e muito menos cristão retardado... Ser separado não deixar de beijar sua namorada, mas é seguir o que a bíblia ensina sobre o pecado, me mostre onde a bíblia ensina sobre o beijo como pecado?

Lucas: estarei lendo sua refutação e respondendo...

Abraços para todos!

Maurício Montagnero. disse...

Lucas já respondi a refutação do Jeff, e pedi para que o mesmo fosse publicado no site de vocês... Eu não postarei nesse blog, pois não é a finalidade do mesmo...

Maurício Montagnero. disse...

Lucas, já respondi a "refutação" do Jeff, e pedi para que ele postasse no site... Só não posto aqui nesse blog, pois não é a finalidade do mesmo...

Jovens Campeões - Equipe Ruas disse...

Apenas a princípio, sugiro que o irmão comece pesquisando o termo "paixão" do texto de 2 Timóteo 2:22 no original, todos possuimos glândulas no corpo que provocam desejos de ter relação sexual com quem beijamos, não digo "uma hora ou outra" porque desde o primeiro beijo isso acontece.
- Não sejamos vagarosos no cuidado, antes fervorosos de Espírito servindo ao Senhor!
- Abstenhamo-nos de qualquer aparência do mal! Desejos!
Único no planeta que consegue tem um super puro beijo?! Creio que não!
Ainda mais tratando-se de beijar uma moça que declaramos amar; querer casar;estar junto entre outros anseios que todo rapaz tem quando esta em um relacionamento, mas que aprende a lidar conforme as escrituras, visando desfrutar dos benefícios da aliança um dia, bem como fazer a vontade de Deus!

Lembrando apenas que "paixão" no original é epithumia, que quer dizer: desejo, anelo, anseio, desejo pelo que é proibido, luxúria. Uma das paixões que tenazmente assediam os jovens, seria o beijo? Prefiro não mudar o nome! Pecado é pecado! Problema é problema!

Think better! Maybe the Lord is
advising you through this discussions!